facebook Dúvidas?

Novas regras para avaliação microbiológica do abate de frangos de corte

Diretrizes atualizadas para avaliação microbiológica no processo de abate de frangos de corte.


canvaNo dia 4 de março de 2024, foi publicada a Portaria SDA/MAPA nº 1.023, a qual aprova os procedimentos para a avaliação microbiológica do desempenho higiênico-sanitário do processo de abate de frangos de corte em Abatedouros Frigoríficos registrados no Serviço de Inspeção Federal (SIF).

Essa iniciativa busca fortalecer a segurança dos alimentos, garantindo padrões adequados de higiene e sanidade no processo de produção. 

Procedimentos Aprovados

A Portaria estabelece procedimentos específicos para a avaliação microbiológica, visando monitorar o desempenho higiênico-sanitário durante o abate de frangos de corte. Vale ressaltar que tais procedimentos não se aplicam aos abatedouros que abatem apenas matrizes, poedeiras e outras espécies de aves.

Amostragem e Metodologia

Os abatedouros frigoríficos devem incluir em seus programas de  autocontroles o monitoramento microbiológico do processo de abate. O Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA) divulgará as orientações específicas para amostragem e metodologia, indicando os limites microbiológicos adequados para diferentes espécies de aves.

Procedimentos de Coleta e Avaliação

Os procedimentos de coleta de carcaça seguirão as diretrizes disponibilizadas no site oficial do Ministério da Agricultura e Pecuária. Os abatedouros frigoríficos deverão realizar amostragem diária e manter rastreabilidade, incluindo lotes positivos para patógenos detectados em outros programas oficiais.

Intervalos de Amostragem

A amostragem será realizada de acordo com o tempo de funcionamento dos sistemas de pré-resfriamento. Deve ser coletada uma carcaça por hora de operação, com a primeira coleta escolhendo entre as primeiras carcaças a saírem do sistema e a última incluindo entre as últimas carcaças a deixarem o sistema.

Avaliação e Controle

Os resultados da avaliação, expressos em logaritmo na base dez, utilizarão os limites microbiológicos definidos para Enterobacteriaceae. A avaliação será realizada por meio de gráficos de controle de processo do tipo "gráfico de caixa". O desempenho será classificado como satisfatório, aceitável, com tendência a se tornar insatisfatório ou insatisfatório, dependendo das médias amostrais obtidas durante cinco semanas consecutivas.

Reavaliação e Medidas Corretivas

Em casos de desempenho insatisfatório, o abatedouro frigorífico deve realizar análise crítica dos autocontroles, mapeamento higiênico-sanitário e adotar medidas corretivas. A frequência de amostragem pode ser reduzida em casos de desempenho satisfatório.

Disposições Finais

A Portaria estabelece diretrizes para inspeção baseada em risco, obriga todos os abatedouros de frangos de corte a iniciar os procedimentos até agosto de 2024 alterando também a Portaria SDA nº 736/2022.

Ela entrará em vigor em 1º de abril de 2024.

Conclusão

A Portaria SDA/MAPA nº 1.023/2024 representa um avanço significativo na regulamentação e controle da qualidade microbiológica no processo de abate de frangos de corte. A implementação efetiva dessas diretrizes contribuirá para a produção de alimentos mais seguros, protegendo a saúde pública e fortalecendo a confiança dos consumidores na indústria avícola.

 

NOTÍCIAS

21/05/2024

Rotulagem de Lactose

2ª edição do Documento de Perguntas e Respostas.

20/05/2024

A importância da rotulagem na proteção contra alergias alimentares

Atualizações na 6ª edição do documento de perguntas e respostas.

16/05/2024

Destaques da 8ª Reunião Pública da Diretoria Colegiada da Anvisa

Promovendo transparência e segurança.

15/05/2024

Flexibilização do Sisbi-POA no Rio Grande do Sul

Uma medida de apoio ao setor de alimentos de origem animal.

07/05/2024

Rotulagem de Águas Minerais e Potáveis de Mesa

Garantindo transparência e qualidade conforme a Resolução ANM nº 157/2024.

22/04/2024

Autorização excepcional para abate e processamento de POA segundo preceitos religiosos

Explorando os protocolos e implicações da autorização excepcional para abate e processamento religioso de produtos de origem animal.

19/04/2024

Botulismo: Riscos, sintomas e prevenção

Explore os aspectos essenciais para uma abordagem segura e informada.

19/04/2024

Curso sobre Botulismo: Prevenção, Diagnóstico e Controle

Principais alimentos envolvidos e os controles a serem implantados na indústria de produtos susceptíveis.

18/04/2024

Ministério da Agricultura e Pecuária lançou a 3ª edição do Projeto ConSIM

Visando aumentar o número de municípios aderidos ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal, o Sisbi-POA.

17/04/2024

Termos de compromisso para estabelecimentos de produtos de origem animal

O Impacto da Portaria SDA/MAPA nº 1.091/2024.

16/04/2024

Curso sobre RT de Manejo Pré Abate e Abate Humanitário

Bem-estar animal na Indústria de Alimentos: Dominando os princípios do abate humanitário.

15/04/2024

Rotulagem nutricional frontal: Prazos para adequação

Empresas fabricantes de alimentos, que não estejam em conformidade, têm até o dia 22 de abril de 2024 para se adequarem.

13/04/2024

Novo regulamento para materiais metálicos em contato com alimentos

Saiba mais sobre as diretrizes essenciais para garantir a segurança e a conformidade com a legislação.

12/04/2024

Anvisa atualiza assuntos de petição para avaliação de novos alimentos e ingredientes

Atualização está relacionada ao novo marco regulatório. Conheça os códigos.

11/04/2024

Anvisa promove sustentabilidade com novas diretrizes para Embalagens de Alimentos

Agência publica 6ª edição do documento de Perguntas e Respostas sobre materiais em contato com alimentos.

10/04/2024

Anvisa adota nova abordagem regulatória para área de Alimentos

Medida aprimora o controle pré-mercado, a partir de critérios de risco.