facebook

08/09/2020

APPCC – Queijo Minas Frescal

Exemplo teórico de um plano APPCC para produção de queijo minas frescal.


pixabayO queijo minas frescal é um dos queijos mais consumidos no Brasil.

Em setembro de 1997, foi publicada a PORTARIA Nº 352 do MAPA, que aprovou o Regulamento Técnico para Fixação de Identidade e Qualidade de Queijo Minas Frescal.

Segundo a portaria, entende-se por Queijo Minas Frescal, o queijo fresco obtido por coagulação enzimática do leite com coalho e/ou outras enzimas coagulantes apropriadas, complementada ou não com ação de bactérias lácticas específicas.

Ingredientes obrigatórios

  • Leite e/ou Leite reconstituído
  • Coalho e/ou outras enzimas coagulantes apropriadas.

Ingredientes Opcionais

  • Leite em pó
  • Creme
  • Sólidos de origem láctea
  • Cloreto de sódio.
  • Cloreto de cálcio.
  • Cultivo de bactérias lácteas específicas

Características Sensoriais

  • Consistência: branda, macia.
  • Textura: com ou sem olhaduras mecânicas
  • Cor: esbranquiçada
  • Sabor: suave ou levemente ácido
  • Odor: suave, característico.
  • Crosta: não possui, ou crosta fina.
  • Olhaduras - eventualmente algumas olhaduras mecânicas.

Forma e Peso

  • Forma: Cilíndrico
  • Peso: De 0,3 a 5kg

Fluxograma do plano APPCC 

O exemplo será baseado no fluxograma:

Fluxograma Queijo Minas

Outros exemplos disponíveis

Estes são os exemplos disponíveis de planos APPCC para laticínios e derivados:

APPCC - Queijo Minas Frescal

APPCC - Leite Pasteurizado

APPCC - Queijo Mussarela

APPCC - Queijo Prato 

Próximas Publicações:

Estamos desenvolvendo novos materiais que serão disponibilizados em breve!

Esperamos que este modelo seja útil em seu trabalho. Fique a vontade para nos enviar sugestões no e-mail: [email protected]