facebook

06/08/2019

Anvisa cancela registros de alimentos

Medida vale para produtos com dispensa de registro, processos com indeferimento de revalidação ou casos de caducidade.


supermercadoA Anvisa publicou, no Diário Oficial da União (D.O.U) de segunda-feira (5/8), a Resolução (RE) 2.093, que estabelece o cancelamento do registro de alimentos cujos processos caducaram, isto é, sem protocolo de revalidação, ou que tiveram o pedido de revalidação indeferido. A medida também atinge petições para as quais houve dispensa de registro da categoria, conforme a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 240, de 2018, que alterou a RDC 27, de 2010.

Dessa forma, os processos referentes a esses grupos serão finalizados administrativamente e publicados semanalmente no D.O.U. De acordo com a Gerência Geral de Alimentos (GGALI), essa primeira resolução cancela os registros referentes a 3.853 processos cujas categorias foram dispensadas da obrigatoriedade de registro (RDC 27), como água mineral natural e aditivos e coadjuvantes de tecnologia.

Ainda de acordo com a GGALI, a medida é inédita e faz parte de uma série de ações que visam a melhoria dos processos internos de trabalho, bem como a atualização do banco de registro de alimentos. A área informa também que o cancelamento passará a ser um procedimento habitual, visando o saneamento administrativo de todos os processos que tiverem registros vencidos ou não válidos.

No momento, esse procedimento não inclui os alimentos abrangidos pela RDC 240, de 2018, que estão com registro dentro do prazo de validade. Também não abarca os suplementos alimentares dispensados de registro que se encontram dentro do prazo de adequação estabelecido pela RDC 243, de 2018. Nesses casos, o cancelamento será feito, respectivamente, após o final do prazo de validade de registro e da adequação às novas regras dos suplementos.

Para obter informações mais detalhadas sobre os processos, basta acessar os dados no portal da Anvisa.

Legislação

O Decreto-Lei 986, de 1969, que institui as normas básicas sobre alimentos, estabelece a necessidade de renovação do registro, por período, após sua concessão pelo órgão competente. Já a RDC 23, de 2000, que dispõe sobre o manual de procedimentos básicos da área de alimentos para registro e dispensa da obrigatoriedade de registro, estabelece a validade por um período de cinco anos, além de determinar que a revalidação seja solicitada em até 60 dias antes da data do seu vencimento.

Assim como a GGALI está procedendo, algumas áreas da Anvisa já adotam o procedimento de cancelamento por caducidade, considerando o princípio da publicidade dos atos administrativos e pautadas nos requisitos da Lei 6.360, de 1976.

Fonte: Anvisa

NOTÍCIAS

19/08/2019

Regras para certificação sanitária internacional de produtos de origem vegetal são publicadas

Para ter a certificação, exportador deve cumprir exigências sanitárias do país importador. Normas entram em vigor em 90 dias.

19/08/2019

Suplementos: consulte os ingredientes permitidos

Já está disponível a ferramenta que permite a realização de buscas dos constituintes autorizados para uso em suplementos alimentares.

16/08/2019

Especialistas discutem situação da produção do setor leiteiro

Os técnicos apresentaram propostas de ações de curto e médio prazo para a melhoria da qualidade do produto.

15/08/2019

Reunião discute critérios microbiológicos em alimentos

Durante a reunião, que terá transmissão ao vivo pela internet, será apresentado o Relatório de Consolidação da análise das contribuições feitas ao texto proposto pela Anvisa durante o processo de consulta pública sobre o tema.

14/08/2019

Presidente do Codex Alimentarius garante a segurança dos alimentos produzidos no Brasil

Para Guilheme Costa, o alto grau de qualidade dos produtos agrícolas brasileiros é facilmente detectável em razão do nível de conformidade com as regras internacionais.

06/08/2019

Anvisa cancela registros de alimentos

Medida vale para produtos com dispensa de registro, processos com indeferimento de revalidação ou casos de caducidade.

01/08/2019

Aberta consulta pública sobre descarte de carcaças e resíduos da pecuária

Regra específica visa atender a aspectos sanitários, ambientais e econômicos, além de fiscalização.

23/07/2019

Aprovada CP sobre gorduras trans industriais

Proposta prevê implementação gradual de norma com limite máximo de 2% de ácidos graxos trans industriais sobre o teor de gordura total nos alimentos, com posterior proibição de uso de óleos e gorduras parcialmente hidrogenados.