facebook Dúvidas?

09/01/2022

Produção mais limpa

Manual P+L - Aplicação em Indústrias de Alimentos.


freepikDurante muitos anos as empresas não deram a devida atenção em como o crescimento econômico poderia afetar o meio ambiente, usufruindo de forma desenfreada os recursos naturais, ocasionando grande degradação ambiental.

Isso ocorreu, pois pensava-se que com a produção em larga escala, melhores seriam as condições de vida da sociedade, porém com o passar dos anos verificou-se que foram causados grandes danos ao meio ambiente e para a saúde humana e que seria necessário mudar as políticas existentes.

Problemas como aquecimento global, redução da camada de ozônio, eutrofização de corpos d’água e degradação de ecossistemas são alguns exemplos de danos que impactam a sociedade até os dias atuais.

A partir disso, a busca por práticas responsáveis e sustentáveis aumentou, visto que além da competição corporativa, a sociedade começou a cobrar das empresas atitudes ambientalmente corretas. 

Uma alternativa que as empresas encontraram a partir da década de 70 para ter um desenvolvimento sustentável foi incorporar um sistema de gestão ambiental para solucionar problemas ocasionados pelas as atividades empresariais.

Tradicionalmente as empresas focavam na metodologia chamada fim de tubo (end-of-pipe) para diminuir o impacto ambiental para atender as exigências legais, focando principalmente no tratamento dos resíduos gerados durante o processo produtivo, e não na sua redução, sendo necessário alto investimento para instalação de equipamentos sofisticados, aumentando muitas vezes o custo do produto final.

Produção mais limpa (P+L)

Com a necessidade de uma melhor gestão ambiental, buscou-se por novas ferramentas e tecnologias que trouxessem mais benefícios econômicos e socioambientais. Uma destas ferramentas é a Produção mais limpa (P+L), que possui como estratégia principal a gestão ambiental com foco em ações integradas de prevenção aos processos e produtos, possibilitando melhorias ambientais, sociais e econômicas para a empresa. Portanto a principal diferença entre a abordagem tradicional da metodologia fim de tubo da metodologia P+L é que na metodologia fim de tubo o principal questionamento era o que fazer com resíduos gerados, já na P+L o questionamento é sobre o que fazer para não gerar resíduos.

Com a introdução da P+L e adoção de novas estratégias e tecnologias, houve melhoria na produção e redução de desperdício de insumos, energia e água, integrando práticas de produção mais sustentáveis e atendendo as exigências do mercado consumidor. A sustentabilidade está em foco a muito tempo no mercado nacional e internacional justamente pela necessidade da conscientização do uso de recursos naturais. Uma empresa que adota a P+L acaba sendo mais competitiva no mercado, pois reduz riscos ao meio ambiente e para a sociedade, prezando pelo desenvolvimento sustentável.

Definição

O Centro Nacional de Tecnologias Limpas (CNTL, 2003) define P+L como "aplicação contínua de uma estratégia técnica, econômica e ambiental integrada aos processos e produtos, a fim de aumentar a eficiência no uso de matérias-primas, água e energia, através da não geração, minimização ou reciclagem de resíduos e emissões geradas com benefícios ambientais, de saúde ocupacional e econômicos". Assim, as práticas de prevenção auxiliam na implantação da P+L nas empresas e tem como objetivo evitar ou minimizar a geração de resíduos na fonte geradora através de alterações de processo, modificação de equipamentos, substituição de matérias-primas e embalagens, além de tornar o processo mais eficiente.

Estratégias

Adotar estratégias que visam ações preventivas para evitar ou reduzir a geração de resíduos e emissão de gases apesar de ser mais complexa é muito mais eficiente e benéfico para a empresa, mas para que isso traga resultados significativos, todos devem ser conscientizados da importância desta estratégia ambientalmente correta e devem estar envolvidos nas atividades que irão ser introduzidas pela ferramenta P+L, ou seja, a mudança comportamental será extremamente necessária para que esta estratégia seja duradoura e eficiente.

Manual P+L para aplicação na Industria de Alimentos

A P+L é uma estratégia focada nos processos, produtos e serviços com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável, mas para isso a empresa deve conciliar três pilares: viabilidade econômica, responsabilidade social e ambiental.

Dispponibilzimaos um manual para auxiliar nossos assinantes na implementação desta metodologia.

Acesse agora e confira!

Manual P+L para aplicação na Industria de Alimentos

NOTÍCIAS

11/08/2022

Aprovado Relatório de AIR sobre doação de alimentos com segurança sanitária

Relatório de Análise de Impacto Regulatório apresenta subsídios para a atuação regulatória da Anvisa no processo de doação de alimentos.

09/08/2022

Perguntas e respostas sobre recolhimento de alimentos

Confira documento que reúne questões gerais e orientações detalhadas sobre a realização de um recolhimento junto à Anvisa.

07/08/2022

Aditivos alimentares e coadjuvantes de tecnologia

A utilização do aditivo deve levar em conta a necessidade e a inocuidade do mesmo, sendo o seu uso regulamentado e atualizado de acordo com novos estudos e avaliações de sua atividade.

03/08/2022

Cuidados na elaboração de cardápios vegetarianos

Opções vegetarianas no cardápio, não é simplesmente retirar os alimentos de origem animal de uma preparação e pronto, mas sim substituí-los de maneira adequada e que traga riqueza ao prato

26/07/2022

Rotulagem nutricional: novas regras entram em vigor em 75 dias

Mudanças ajudarão o consumidor a realizar escolhas mais saudáveis.

25/07/2022

Produtores não precisam mais informar prazo de validade em vegetais frescos embalados

A dispensa já era prevista pela Anvisa e tem como objetivo evitar desperdício de alimentos.

24/07/2022

Principais perigos alimentares em padarias

As padarias podem ter uma gama bem variável de produtos, no qual, dependendo do tipo de produto, pode haver diferentes tipos e riscos de contaminações.

10/07/2022

Novas legislações publicadas

No dia 06/07/2022 foram publicadas várias normas que afetam diretamente o setor de alimentos e bebidas.