facebook

10/07/2019

Brasileiro é reeleito para a presidência do Codex Alimentarius

Guilherme Costa comanda comissão da ONU sobre regulação de alimentos.


codexO brasileiro Guilherme Costa foi reeleito para a Presidência da Comissão Codex Alimentarius. A reeleição ocorreu por aclamação, que é quando todos os países concordam com a escolha de um mesmo nome e nenhum outro membro lança candidato para concorrer ao cargo.

A decisão ocorreu nesta segunda-feira (8), durante a 42ª Sessão da entidade, em Genebra, na Suíça.

Guilherme Costa foi eleito para seu primeiro mandato em 2017 e foi reeleito no ano passado, na FAO, em Roma. Ele se comprometeu a continuar priorizando os trabalhos do Codex Alimentarius nas necessidades mundiais dos Países Membros relacionadas à segurança dos alimentos e às práticas leais de comércio.

Guilherme Costa  é veterinário e auditor Fiscal Federal Agropecuário e trabalha como Adido Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em Bruxelas, na Bélgica.

Segurança

Na abertura da 42ª Sessão do Codex Alimentarius, Guilherme Costa destacou a importância da segurança dos alimentos e do comércio para alcançar a segurança alimentar.  Segundo ele, como uma organização de gerenciamento de risco, o Codex Alimentarius “deve ter a ciência como base”,

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que as normas e diretrizes do Codex têm um papel crítico a desempenhar para garantir que as pessoas tenham dietas saudáveis e alimentos seguros. “Todos os países têm o dever de garantir que as normas e diretrizes do Codex sejam desenvolvidas e atualizadas para atingir essas metas”, disse Tedros.

Bukar Tijani, diretor-geral adjunto da FAO, disse que todos os países devem participar efetivamente do trabalho da Comissão do Codex Alimentarius. “Cada pessoa em cada país merece comida segura”.

Codex Alimentarius

O Codex Alimentarius foi criado em 1963 pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Atualmente, 189 Membros fazem parte da entidade.

A comissão é responsável por definir padrões internacionais para a produção, controle, verificação e comercialização de alimentos. Esses padrões alimentares visam proteger a saúde dos consumidores e garantir práticas justas no comércio de alimentos.

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br

Fonte: MAPA